Pages

29 de julho de 2012

Energia: Elimine a sujeira que "ninguém" vê!


Há um tempo li uma reportagem muito interessante sobre a energia dos locais e como podemos limpar essa sujeira invisível. Quem é leitor do blog sabe o quanto minha crença é voltada para a questão energética. Pego muitas dicas de limpeza espiritual no blog da sensitiva Márcia Fernandes e tenho outras salvas no computador, e iria repassar no blog assim que eu as fizer. Também postarei sobre as limpezas espirituais que faço, para compartilhar essa positividade com vocês.

Segue a reportagem:
Ninguém consegue viver muito tempo em locais sujos e bagunçados, que apresentam uma energia Chi Yin, negativa, parada e estagnada.
Se resolver manter tudo limpo, a poeira, entulho, sujeira e gordura são fáceis de ver e mais fáceis ainda de se lidar: detergente, água e uma boa escova dão conta do recado. Mas existe um outro tipo de sujeira que não aparece, mas que causa muitos problemas em qualquer tipo de ambiente: a sujeira sutil.
A gente não consegue enxergar, mas uma pessoa com um pouco mais de sensibilidade sente que algo não está bem. Parece que a casa está suja, mesmo depois de uma boa faxina, parece que está engordurada, parece que o ar está carregado, parece que está tudo muito conturbado, mesmo em meio a uma calma aparente. Parece...a gente sente, mas não vê.....
Muitas vezes essa sensação acaba sendo deixada de lado, afinal como explicar uma coisa que não se vê, que não se sabe expressar em palavras? Mas os resultados desse estado esquisito da casa acabam chegando mais dia ou mais tarde.
O problema é que nem sempre associamos uma coisa com outra: moradores com constantes problemas de saúde, sono conturbado, emocional instável, problemas de relacionamento, falta de dinheiro e prejuízos com gastos extras, desânimo e falta de perspectivas podem estar sendo causadas ou acentuadas pelo astral carregado dos ambientes que frequentamos durante muitas horas por dia como nossa casa ou local de trabalho.
Uma vez detectados, corrigidos e limpos esses pontos de emissão de energia negativa, a família pode respirar aliviada, desde que cada pessoa faça a sua parte e também assuma uma postura positiva e verdadeira diante da vida.
Usando a intuição e sensibilidade, muitos de nós conseguimos detectar alguns "probleminhas". Já os mais graves devem ser orientados por estudiosos ou profissionais em energias. Conheça abaixo algumas destas "sujeiras sutis":

1.    Paredes: elas têm memória.
São testemunhas de tudo o que acontece no ambiente. Mágoas, ressentimentos, ódio, discussões, irritação, medo, depressão, enfim, toda a sorte de energias densas e negativas ficam impregnadas nas paredes, que passam a emanar de volta para o ambiente essa memória negativa.Por isso nunca mude para um local sem antes lixar, passar cal e tinta. Esse é o modo mais eficiente de eliminar a memória negativa das paredes. Pintar com certa regularidade as paredes de casa também é uma medida acertada, já que isso vai renovar o astral de seu lar.

2.    Objetos, móveis e cortinas: assim como as paredes, eles acumulam a energia do ambiente e de seus donos.
Lave constantemente as cortinas e tire sempre o pó e a sujeira dos objetos e móveis. Muito cuidado com antiguidades e roupas de brechós que trazem energias de pessoas desconhecidas. Se você ganhar algum móvel ou relíquia de família, faça uma pesquisa sobre o histórico da peça e de seu dono. Você acha que vale a pena dormir na cama da vovó que foi super infeliz em seu casamento? Quando receber um presente tente sentir a vibração que ele lhe passa e se não for boa, livre-se dele. Ande por toda a casa e verifique que tipo de energia cada objeto, canto ou móvel emana.

3.    Os cantos: geralmente os cantos dos ambientes, acumulam muita energia estática.
Para limpá-los, pingue três gotas de amoníaco (vendido em farmácia) em cada canto de todos os cômodos ou faça uma defumação com ervas.

4.    Ondas eletromagnéticas: muitas vezes o problema vem do solo ou do ar.
Morar próximo a redes de alta tensão, não é uma boa ideia. Manter muitos aparelhos eletrônicos ligados nos quartos de dormir como televisão, som, rádio-relógio e computador atrapalham a qualidade do sono e nossa vitalidade. A cama também nunca deve estar na parede vizinha de onde estejam motores estacionários, como geladeira e freezer.

5.    Energia telúrica: as ondas negativas também podem vir do solo.
Se sua casa ou local de trabalho estiver construída sobre a junção de malhas da terra, falhas geológicas, lençóis de água subterrâneos, cavernas ou áreas ricas em minérios podem emitir para o ambiente energias extremamente desequilibradas causadoras de inúmeros distúrbios mentais, emocionais e físicos. Nestes casos, somente um profissional competente poderia diagnosticar e sugerir medidas de cura.

6.    Frequentadores: as pessoas que costumam frequentar um determinado local com regularidade deixam suas vibrações impregnadas no local.
Cuidado com as pessoas negativas que entram em sua casa, principalmente casas com bebês e crianças, que são seres muito sensíveis às energias densas.

7.    Locais insalubres: cômodos que não recebem luz solar e ventilação suficiente não emitem uma boa vibração.
Ar e luz são os melhores remédios para limpar ambientes. Locais com vazamentos, goteiras e bolor, além do mau cheiro, cultivam energias de baixo nível.

Fonte: http://tribunaregiao.com.br/astral/noticias.php?idNot=1070




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário no Mundo Bicho Grilo!
Acione o botão "Notifique-me" para você receber a mensagem com a minha resposta!