Pages

5 de setembro de 2011

Descarga Elétrica - Recupere suas energias

por Ivonete Lucirio
em http://revistawomenshealth.abril.com.br/edicoes/028/nutricao/descarga-eletrica-620508.shtml?pag=1

Duas coisas funcionam como uma hidrelétrica para o seu corpo: comer bem e se exercitar. Mas às vezes elas não são suficientes para manter o pique durante as 24 horas. Por isso, ao longo do dia é preciso abastecer suas células com pequenas doses de energético. Segundo o americano Jon Gordon, autor de The 10-Minute Energy Solution (inédito no Brasil), vivemos uma época de baixa energia principalmente por causa de três fatores: muita tecnologia, excesso de cafeína e pouco sono. Embora nem sempre dê para defenestrar o celular, recusar o cafezinho e dormir durante 8 horas o sono dos justos, há muito que você pode fazer para manter o pique. Conheça atitudes para ajudá-la a se recuperar em 60 segundos.

Beba água
Tome 1 copo com 300 ml, levemente gelado, em goles grandes e lentos. O primeiro sinal de desidratação é a fadiga, porque nenhuma reação química acontece no organismo se não houver água disponível. O líquido preenche células, transporta nutrientes, elimina toxinas, regula a temperatura, lubrifica as juntas e mantém o volume e a pressão do sangue. A água garante inclusive o fluxo de energia.

Diga "obrigada" 30 vezes
E, ao fazer isso, realmente sinta-se grata, seja porque aquela espinha secou em tempo recorde, seja porque você finalmente conseguiu um aumento de salário. Um estudo realizado pela Universidade George Mason, nos EUA, comprovou que a gratidão melhora imediatamente o bem-estar e a disposição de quem a sente. E mais: o efeito do "obrigada" tem maior intensidade sobre as mulheres.

Prepare um suco
Centrifugue 4 cenouras para extrair o líquido. No liquidificador, bata o suco com 1 ramo de salsão e 2 de erva-doce. Coe e beba. "O salsão e a erva-doce estimulam o transporte de oxigênio, gerando uma onda instantânea de energia. Já a cenoura dá o gosto bom, além de auxiliar no funcionamento de vários órgãos", explica Vanderlí Marchiori, secretária-geral da Associação Brasileira de Nutrição Esportiva.

Reze
Não é preciso ter uma religião para isso. Se tiver, concentre-se em Deus e peça coisas boas. Quem não acredita em Deus pode fazer seus pedidos ao Universo, à natureza... Um estudo realizado na Universidade She eld Hallan, nos EUA, mostrou que a oração ajuda a lidar com o stress, a depressão e a ansiedade. Outro estudo, publicado no periódico British Medical Journal, demonstrou que rezar diminui o ritmo da respiração e tem um efeito calmante sobre o coração. Jogue fora as calcinhas velhas
Tudo o que se acumula e não tem função provoca perda de energia. Imagine gastar horas procurando algo em meio a um monte de objetos inúteis, seja o relatório soterrado por uma pilha de folhetos antigos, seja a calcinha vermelha de renda sufocada por uma infinidade de lingeries beges furadas. Casos mais graves de acúmulo de coisas são até considerados doença, um comportamento obsessivocompulsivo. Se forem objetos dos quais você tem certeza não poder se livrar, coloque-os em caixas para cuidar melhor depois. Mas tire-as do caminho. Pelo amor de Deus.

Coma chocolate amargo
A guloseima é rica em polifenóis, sabidamente amigas do coração. Pesquisas recentes comprovam que os polifenóis também interferem na produção de serotonina, que age como transmissora de sinais no cérebro. Isso causa uma melhora instantânea no humor e na disposição. Em alguns casos o chocolate amargo está até sendo usado para tratar a síndrome da fadiga crônica. Mas leia bem esta frase: é um. Não caia de boca nos bombons, principalmente se forem ao leite. O resultado serão alguns quilos a mais na balança — o que seria um desperdício de energia.

Pense diferente
"A mente é como um paraquedas: só funciona bem quando está aberta", compara Luiz Fernando Mathia, da Inovar Consultoria Empresarial, em Uberlândia. Quando um problema travar o seu desempenho, tente enxergá-lo de modo diferente. Comece a escrever um relatório pelo final, por exemplo. "Isso força o cérebro a movimentar conexões neurais e ativar a produção de substâncias químicas que ajudam a mente a ampliar a capacidade de ver com outros olhos."

Leia mensagens positivas na internet
Não precisa acreditar em cada linha do que dizem. Mas, se a carapuça servir, vista-a como se fosse um pretinho básico. Para as simpatizantes da cabala, acesse www.kabbalah. com/newsletters/daily-kabbalisticwisdom, em inglês.

Aperte o ponto certo
No seu corpo, claro. Para a técnica de massagem do-in, o ponto tem nome: suzanli, que significa "3 milhas da perna". De modo figurado significa que, quando o ponto é tonificado, a pessoa adquire forças para caminhar por mais 3 milhas. Para localizá-lo, faça o seguinte: flexione o joelho e coloque a mão na depressão que fica abaixo da patela (antigamente chamada de rótula). Para encontrar o local com mais facilidade, desloque ligeiramente a mão em direção à parte externa do joelho. Ao tocar essa depressão, meça quatro dedos para baixo, em direção à canela. Pronto, aí está o seu suzanli. "O ideal é colocar uma fonte de calor nesse ponto, como um incenso. Aproxime o incenso a dois dedos de distância", explica Luci Aquemi Hayashi Machado, diretora da Escola Brasileira de Medicina Chinesa, em Curitiba. "Se não tiver uma fonte de calor disponível no momento, faça uma massagem suave e contínua, sem pressionar com força."

Pratique meditação
É até intuitivo: um momento de silêncio consegue revitalizar o organismo e a mente. "Seu corpo e seu cérebro estão o tempo todo respondendo a estímulos que a deixam exausta", diz Deb Shapiro, coautora de Be the Change — How Meditation Can Transform You and the World (inédito no Brasil). Apenas 60 segundos em silêncio acabam com essa dissipação de energia.

Um comentário:

  1. Acho que já te falei que acredito piamente no poder das palavras e no trânsito de energias (tanto positivas quanto negativas). Somos como um canal que conduz essas energias, potencializando-as. Se você acredita no Bem e faz coisas boas para si mesma e para os outros, estas boas energias te acompanharão.
    Por isso eu não me permito pensar em coisas ruins, desejar mal às pessoas (mesmo aquelas que eu não morro de amores)nem alimentar meus problemas com pensamentos que não farão com que eles se resolvam.
    Ufanisi!

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário no Mundo Bicho Grilo!
Acione o botão "Notifique-me" para você receber a mensagem com a minha resposta!