Pages

19 de agosto de 2010

momentos de troca são banalizados.

Beijos, cheiros e toques estão banalizados.
A análise de um beijo é ótima, é troca quando se quer ouvir, mesmo o elogio, ou então a crítica que te reconstrói. Mas não se aflinja, nem todo encaixe é perfeito, nem na primeira, ou talvez segunda...
Depois do primeiro beijo, jamais o primeiro beijo terás. Ele é único, como os próximos.
Nos colocamos como insensíveis, com medo de sentir.
Nos colocamos como aqueles que pra que valorizar os primeiros toques se os últimos que levarão ao pleno prazer? Claro, que sou contra, mas é assim que se coloca as maiorias das relações que assisto e/ou vivo, vivi, viverei, mesmo sem querer.
E aí vira outro medo, se tu falas, aprecias, olhas pro Ser com olhar único que tudo que ele fez foi mágico ali, e que amanhã não correrás atrás, Ele acha que já tás apaixonada.
Não acho que o sexo se banalizou, pelo contrário.
O que está banalizado é o amor. Pior, o amor sem compromisso.
Todos aceitam ouvir "vamos fazer amor" soa melhor sem culpa.
Amor não se faz, se sente, e só. Ele não se fabrica, ele vem e deu. Não sabes quando começou e como pode terminar.
E por mais nojento possa parecer, no sexo, no beijo, no toque, é uma troca de fluidos corporais e energéticos que vives.
Nos alimentamos de forma impensada. Confesso que só fui pensar o quão 'nojento' é comer quando vi um vídeo na sétima série que mostrava uma câmera na boca, mostrando aquela saliva envolvendo o alimento, os dentes triturando, depois passando pela guela e todo aquele processo digestivo lento que achamos que é feito num passe de mágica rápido.
O corpo humano é maravilhoso, é uma máquina perfeita.
Mas não há como fugir... somos instintivos.
Nem sei se estou (novamente) me contradizendo, ou me fazendo entender (o que pra mim é por vezes complicado). Mas o que quero realmente falar é valorizar a beleza do prazer na sua intensidade, desde o primeiro toque até o último. Com carinho, com troca, com respeito e com a plenitude da única vez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário no Mundo Bicho Grilo!
Acione o botão "Notifique-me" para você receber a mensagem com a minha resposta!